posts.png
 

E viu Deus que era bom.

Atualizado: 7 de jun.

No livro de gênesis 1.10, 1.12, 1.18, 1.21,1.25, 1.31, Deus cria do nada todas as coisas, pelo poder da sua palavra.

E o mais interessante de ver, é que Deus dá uma pausa no seu processo de criação, para observar a sua obra e quando Deus para, para observar, se repete por algumas vezes a expressão e viu Deus que era bom, um ser de uma grandeza imensurável para, para a observar a sua criação, mostra o quão pequeno nós somos , porque como ser humano não temos habito de parar o que estamos fazendo para observar se esta ficando bom, agora Deus com toda a sua grandeza para por um determinado momento a observar a sua obra, eu aprendo que parar para observar o que esta fazendo, é qualidade de pessoas que estão em plena sintonia com Deus e não aceitam fazer as coisas de qualquer jeito, muitas vezes pensamos que o muito fazer é sinal de fazer bem feito, isso não é verdade, é preferível fazer menos e fazer bem feito.

Deus para e observa, quando paramos para observar temos a oportunidade de melhorar o nosso desempenho naquilo que estamos fazendo, É o momento de perceber se tudo que está acontecendo está dentro daquilo que visualizamos no mundo espiritual, sim, nem um projeto nasce por acaso, quando Deus cria todas as coisas , revela um desejo do seu coração, sim tudo que veio a existir por meio da palavra de Deus, nasceu no coração de Deus, e quando Deus vê que veio a existência exatamente aquilo que foi projetado na sua mente, vem a tona a expressão e viu Deus que era bom.


Sabemos que tudo que Deus faz é bom é perfeito é agradável, Romanos 12.2 parte B mas tenho certeza que se não estivesse bom ele tornaria a fazer de novo, assim como o vaso na mão do oleiro que se quebrou e ele tornou a fazer de novo, eu sei que essa é uma linguagem figurada ou simbólica, mas expressa a excelência de Deus mostrando-nos que assim como aquele vaso que se quebrou e ele tornou a fazer de novo, Deus não aceita imperfeições, Tudo que vem a mão de Deus ele faz bem-feito. Jeremias 18

Da mesma forma Deus nos deu a capacidade de ver pela fé, e de visualizar as coisas no mundo espiritual antes de trazer a existência.

Certo pregador disse em uma das suas pregações que os sonhos são a linguagem do espírito, quando você sonha com algo e se propõe a fazê-lo não deve fazer de qualquer jeito, e nem aceitar qualquer resultado, que não seja aquilo que você já visualizou. Hebreus 11

Parar para observar é dar a nós mesmos a oportunidade de nos alegrar com os resultados do fruto do nosso trabalho, na conquista dos sonhos, Ver que está bom é ver que valeu a pena.

Sei que nem sempre será tudo perfeito, podem pessoas falarem ou fazerem coisas desagradáveis a nós, mas dentro daquilo que nos propomos fazer Deus nos da a possibilidade de nos alegrarmos dia a dia, foram seis dias de criação e a cada dia Deus parou para observar, e perceber que cada dia valeu a pena.

E no ultimo dia que foi o sexto dia, disse Deus é muito bom!

Sabe o que eu entendo vale a pena acabar a semana sabendo que o resultado final, na soma de cada dia é que deu certo e ficou top. vivemos um dia de cada vez procurando fazer o nosso melhor, não se alcança a perfeição em um dia, digo a nós seres humanos, o que Deus faz o bom e o perfeito são a mesma coisa, a nós é Gradativamente dia após dia podendo chegar no final e dizer ficou muito bom, portanto faça sempre o seu melhor. Gênesis. 31

Quando aprendermos com Deus a fazer as coisas do jeito dele, teremos mais prazer na qualidade daquilo que fazemos, do que na quantidade, Sei que também existe aqueles que se cobram de mais e fazem tudo bem feito, mas nunca param para apreciar a sua obra, e não descobrem a alegria de fazer as coisas bem feitas, Deus é perfeito e mesmo assim para para observar a sua obra e se alegrar com ela tenha prazer em tudo que faz e dará um novo sentido a sua vida, E viu Deus que era bom


35 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

como é bom mergulhar no imensurável amor, de Deus o amor que suportou a cruz que rasgou o véu que transforma pegadores em filhos amados e lança no mar a ignomínia do pecado para dele não lembrar mais.

No descansar da terra a semente lançada faz com que ela de os melhores frutos.

Um coração amargurado se torna o solo perfeito para a semente da incredulidade.