posts.png
 

A matemática de Deus.

A matemática de Deus, quantos de nós já tentamos explicar os milagres de Deus e não chegamos a lugar nenhum, milagres não se explicam, apenas se recebe quem pode por mais bom que seja em matemática, explicar a multiplicação de cinco pães e dois peixinhos alimentarem quase cinco mil pessoas, ou explicar como alguém consegue pagar o seu imposto, e mais o do amigo apenas com a moeda que sai da boca do peixe,essas são indagações que podem surgir no coração de qualquer cristão, mas tenho por certo que sempre que alguém usa da matemática humana para explicar as coisas espirituais acaba se complicando.

Davi era apenas um anonimo no campo entre as ovelhas do seu pai, de lá Deus o tirou e o projetou para ser grande na terra, Davi venceu urso e leão, venceu o gigante filisteu, venceu exércitos e reis, assumiu o trono de Saul tornando-se rei do reino do norte, e do reino do sul, ficou conhecido como um dos maiores guerreiro que já existiu, e também como homem segundo o coração de Deus; Porém a vaidade o fez contar por meio de um censo quantos homens de guerra, ele tinha em seu exercito, o que levou a desaprovação de Deus, 1 Cronicas 21.1 Davi percebe que tem um numero bem expressivo de homens de guerra, argumento do autor creio que Davi ao contar quantos guerreiros ele tinha ao seu dispor, se deixou levar chegando a pensar que os méritos eram seus por ter chegado aonde ele chegou, pois ele era um grande homem, com um grande exercito de oitocentos mil soldados 2 Samuel 24.9, milagres não se explicam sempre que tentamos explica-los acabamos por levar os méritos que são de Deus, e a bíblia deixa claro que Deus não divide a sua gloria com ninguém, Isaías 42.11 então a ira de Deus se acende contra Davi e o Senhor mandou uma peste contra o povo e morreram setenta mil pessoas, então Deus se arrependeu do mau, e não permitiu que o anjo que estava pronto para destruir jerusalém a destruísse, 2 Samuel 15.-16

Davi depois de arrependido do que havia feito e vendo o anjo que estava pronto para destruir a cidade, se coloca entre Deus e povo dizendo que Deus o castigue pois ele era o culpado e não o povo, 2 Samuel 24.17

Davi se arrepende de ter feito o censo, e entende que não devia ter feito, ao faze-lo assentou em seu coração o orgulho, que não provem de Deus, quantas vezes pedimos algo ao senhor e ele nos da? mas com o passar do tempo esquecemos quem foi que deu, e cometemos o mesmo erro, calculamos o tempo empreendido, as horas extras trabalhadas, o valor pago, e chegamos na conclusão que foi o nosso próprio esforço, e não um milagre como imaginávamos.

As grandes conquistas sempre exigirão de nós um esforço extra , e Deus se agrada disso, pois quem nada almeja nada tem, e Deus não se move aleatoriamente, o nosso esforço demonstra um espirito de conquista, que atrai os grandes milagres de Deus, Deus procura a tais que assim procedam, Deus viu o esforço de Moisés e abriu o mar vermelho, êxodo 14. 21-22 ele viu o esforço de Josué e derrubou as muralhas de jericó, Josué 6, ele viu o esforço de Elias e envergonhou os profetas de Baal, 1 Reis 18. imagina se cada um desses homens fossem fazer a matemática humana achariam uma forma de engrandecer os seus próprios nomes, e não estaríamos contando agora os grandes feitos de Deus, e sim os grandes feitos de homens comuns que fizeram grandes coisas por seus próprios braços, porem estamos contando historias de homens comuns que fizeram grandes coisas, porque decidiram se esforçar e confiar num Deus que tudo pode.

Conclusão: Davi reconhece que errou e compra uma eira e os animais para sacrificar ao senhor, reconhecendo que verdadeiramente foi Deus quem o projetou e o transformou em quem ele é, ou se tornou.2 Samuel 24.25 nunca é tarde para reconhecer tudo vem de Deus para as nossas vidas.

5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

A um porém em sua vida! Vivemos um tempo em que o preconceito, e o apontar do dedo tem sido cada vez maior no mundo em que que vivemos, muitas pessoas ao olhar para nós enxergam apenas o porém na no

pode uma mãe esquecer-se do filho que viu nascer todavia eu não esquecerei dele. Isaias 49. 13. Este versículo é de uma imensurável grandeza e nos trás um grande ensinamento, principalmente a nós Pai